Recital de Alexandra Mascolo-David

/ / Programação

7 julho, 21h30, Casa Municipal da Cultura de Seia

Biografia

“Uma pianista esplêndida – refinada, minuciosa e expressiva – e o seu toque é criterioso e rico em detalhes de interpretação”. (The Washington Post) 
A pianista portuguesa Alexandra Mascolo-David tem atuado com regularidade em temporadas de concertos na Europa, na Ásia, na América Latina e na América do Norte, salientando-se o recital realizado no Carnegie Hall, em 2004, o qual recebeu uma crítica magnífica na revista “New York Concert Review”. Há já três décadas que Mascolo-David tem vindo a enriquecer seu repertório com a música de compositores portugueses, contemporâneos. Tem-se distinguido na promoção e na execução da música para piano de Francisco Mignone, com especial destaque para as “24 Valsas brasileiras”. Um disco compacto (CD) do primeiro volume das “Valsas brasileiras” contendo as primeiras doze peças foi lançado em 2001. O jornal “Atlanta Journal-Constitution” elogiou esta edição, dizendo: «O primeiro disco CD da jovem pianista portuguesa Alexandra Mascolo-David é verdadeiramente precioso… Toca-as [as valsas] num estilo poético a parecer improvisado, com pleno domínio da veia afável do compositor… um disco notável…» O segundo volume das “Valsas brasileiras” contendo as últimas doze obras foi lançado em 2007, completando assim a única versão integral das “24 Valsas brasileiras” gravada, até à data, fora do Brasil. Da sua interpretação dessas obras, a viúva do compositor salientou: «Foi com muita emoção que ouvi a pianista Alexandra Mascolo-David interpretar as “Valsas brasileiras” de meu marido Francisco Mignone. Alexandra interpreta Mignone com grande sensibilidade, bom gosto, e conhecimento profundo da obra do compositor. Sem dúvida, a sua contribuição musical é de grande beleza, com sonoridade bonita e total afinidade com o clima romântico das Valsas de Mignone». Ainda em 2007, Mascolo-David venceu um concurso aberto aos professores de todos os departamentos da Central Michigan University, recebendo assim um prémio para gravar as quatro “Fantasias brasileiras” de Francisco Mignone para piano e orquestra com a Orquestra Sinfónica de Kalamazoo (Michigan), sob a direção do maestro Raymond Harvey para o White Pine Music Recording Label (lançado em 2010). Esta gravação representa a única versão completa destas quatro obras até à data.
 
Mascolo-David tem-se também dedicado à divulgação de obras de compositores contemporâneos, alguns dos quais lhe têm dedicado obras. Em fevereiro de 2017, realizou a estreia mundial do “Concerto N.º 3 para piano e orquestra de sopros e percussão” de David Maslanka. A pianista tinha já sido a solista convidada para a gravação em CD do “Concerto N.º 1” desse conceituado compositor americano. O disco foi lançado em 2005 pela Albany Records. Sobre a sua interpretação nesse CD, a revista “American Record Guide” comentou: «Alexandra Mascolo-David conseguiu transmitir a difícil parte do solista com uma facilidade alarmante». Em março de 2016, gravou o seu mais recente disco “Time Out of Mind” com comissões dos compositores americanos David Gillingham, Jay Batzner, Daniel McCarthy, e do peruano José-Luis Maúrtua para a editora White Pine Music Recording Label. 
 
Colaborações com outros artistas têm incluído concertos com o Trio Orpheus da Central Michigan University, em eventos promovidos pelo famoso Gilmore International Keyboard Festival, pelo Fontana Chamber Arts Festival (Michigan), pela Master Players Chamber Series (Delaware) e em recitais com a mezzo-soprano Sarah Stone, com a qual formou o Yara Ensemble, com o intuito de divulgar a música da península Ibérica e da América Latina.  
 
Alexandra Mascolo-David obteve o Diploma em piano no Conservatório de Música do Porto como aluna externa da Professora Tânia Achot. Em 1982 parte para a Universidade do Kansas nos Estados Unidos da América, onde concluiu o Mestrado e o Doutoramento em piano, sob a orientação do Professor Sequeira Costa. Estudou também com Edna Golandsky em Nova Iorque e Joseph Gurt em Michigan. Alexandra Mascolo-David foi membro do corpo docente do Departamento de Música da Iowa State University e do Interlochen Arts Camp nos Estados Unidos Atualmente, leciona na Central Michigan University em Mount Pleasant (Michigan). Alexandra Mascolo-David é uma professora muito procurada mundialmente por jovens pianistas. Mascolo-David é detentora de numerosos prémios e galardões incluindo, em Portugal, o 1.º Prémio do “III Concurso Nacional de Piano de Braga” e os prémios Helena Moreira de Sá e Costa e Engenheiro António de Almeida. Nos EUA, em 1992, foi uma das cinco galardoadas com o Outstanding Teaching Assistant Award instituído pela Universidade do Kansas. Em 1993, foi-lhe atribuído pela mesma Universidad o International Award for Excellence in Education. Já na Central Michigan University recebe o Provost’s Award for Outstanding Research and Creative Activity (2001), o President’s Award for Outstanding Research and Creative Activity (2007) e o Excellence in Teaching Award (2021). Mascolo-David é membro do Conselho da “Fondation Franz Liszt” (França/Itália). 
 
Para mais informações sobre a sua atividade profissional, por favor, visite as seguintes páginas: www.mascolodavid.com e www.yaraensemble.com.

Programa
“Uma Noite de Valsas Brasileiras: Um Recital com Comentário”

Francisco Mignone
Seleção das 24 Valsas Brasileiras
N.º 1 em Dó sustenido menor: Moderato
N.º 4 em Sol menor: Preludiando
N.º 5 em Lá menor: Molto brillante
N.º 6 em Mi bemol menor: Com entusiasmo
N.º 7 em Si bemol menor: Singeleza
N.º 12 em Dó menor: Improvisando
N.º 14 em Dó sustenido menor: Valsa movimentada
N.º 19 em Fá sustenido menor: Assai vivo
N.º 20 em Sol menor: Quasi preludiando
N.º 22 em Lá menor: Andantino mosso
N.º 23 em Lá sustenido menor: Tristonho
N.º 24 em Si menor: Impetuoso

O compositor brasileiro Francisco Mignone (1897-1986) foi muito aclamado durante a sua vida. No Brasil, pode ser equiparado ao nível artístico de Heitor Villa-Lobos e Camargo Guarnieri, todavia, Mignone é, ainda, raramente ouvido fora do seu país de origem. Mignone foi um compositor prolífico, o qual escreveu em todos os principais géneros musicais e para um ampla variedade de instrumentos. São mais de 100 as peças para piano, incluindo 4 sonatas, 9 sontinas e vários conjuntos de valsas que refletem a influência de idiomas populares brasileiros, ritmos africanos e música europeia. As 24 Valsas Brasileiras foram escritas entre 1963 e 1984. As valsas enquadram-se no período de maior maturidade do compositor, as quais denotam tanto a felicidade de uma vida plena de experiências, como a profunda melancolia da antecipação do fim da vida. Embora as peças sejam de considerável substância musical e dignas de execução, constituem um repertório pouco conhecido. De acordo com a pianista Alexandra Mascolo-David, especialista neste repertório, Mignone “merece muito mais reconhecimento pelas suas composições do que recebe atualmente, e espero que esta apresentação contribua para uma mudança positiva pela sua música.” As 24 Valsas Brasileiras, de Francisco Mignone, foram gravadas pela pianistas, encontrando-se disponíveis em Amazon.com e Cdbaby.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.